Aprendizado e descoberta 3min de Leitura

O que é análise de vulnerabilidade?

Profissional realizando uma análise de vulnerabilidade.

This post is also available in: Português Español

Você sabe o que é análise de vulnerabilidade? Sabe o que é uma vulnerabilidade, quando se trata de segurança da informação?

Vulnerabilidade pode ser definida como uma fraqueza capaz de tornar a segurança de um sistema comprometida. Ela age permitindo que um atacante viole e diminua a eficiência de segurança da informação de um sistema.

A análise de vulnerabilidade é usada para aumentar a segurança do ambiente de trabalho, evitando que possíveis ataques aconteçam. Ela é utilizada para identificar o que há de vulnerável nos sistemas, sendo utilizada em sistemas elétricos ou de comunicação.

Por ser utilizada a fim de tornar a segurança mais robusta, pode ser executada por empresas grandes e pequenas.

Continue a leitura e entenda o que é análise de vulnerabilidade, seus objetivos e importância, além da principais diferenças entre ameaça, risco e vulnerabilidade, podendo aplicar os conceitos em seu dia a dia profissional.

Explicando: ameaça x riscos x vulnerabilidade

Existem muitas dúvidas entre os profissionais de tecnologia, mesmo na área de segurança da informação, sobre as diferenças entre ameaça, risco e vulnerabilidade.

Quando se fala em vulnerabilidade, inclui-se riscos e ameaças que estão ligados a essas vulnerabilidades e é exatamente isso que gera toda a confusão referente a esse assunto.

Antes de seguirmos falando sobre análises de vulnerabilidade, vamos diferenciar os conceitos onde ameaças e vulnerabilidades fazem parte dos riscos, mas que não são a mesma coisa.

Ameaça

A ameaça é a possibilidade de um agente, seja interno ou externo, explorar acidentalmente ou propositalmente uma vulnerabilidade específica.

As ameaças (externas) normalmente não podem ser controladas. Elas podem ser identificadas, mas geralmente estão fora do nosso controle.

Risco

O risco define o que está em jogo na sua organização em termos de bens econômicos. O risco auxilia na mensuração dos impactos de um incidente na organização.

Os riscos podem ser minimizados, podem ser gerenciados em relação as vulnerabilidades ou impactos que trazem quando são explorados.

Vulnerabilidade

A vulnerabilidade pode ser chamada também de falha ou fraqueza. A vulnerabilidade pode estar presente em variados ativos tecnológicos e processos, dentro de uma rede de computadores, por exemplo, podemos encontrar uma vulnerabilidade, ou falha, em um design mal planejado, implementação mal realizada, ou até em controles internos de um sistema mal resolvido, levando a abertura de pequenas falhas que colocam a empresa em risco.

Ou seja, a vulnerabilidade é aquilo que deixa a estrutura da empresa desprotegida.

Vulnerabilidades podem ser tratadas. Podem ser identificadas e até mesmo eliminadas com a aplicação de ações proativas e orquestradas por profissionais especializados.

O que é Análise de vulnerabilidade

Com o entendimento das diferenças entre ameaça, risco e vulnerabilidade, é importante entender um pouco mais a fundo o que é uma análise de vulnerabilidade.

Em geral, a análise de vulnerabilidade trata do processo de identificação de vulnerabilidades presentes na estrutura tecnológica da empresa.

Neste processo, são considerados sites e aplicações web, aplicativos móveis, redes wireless, rede interna e externa, entre outros. Qualquer sistema e infraestrutura que manipule ou trafegue dados está sujeito a alguma vulnerabilidade.

O objetivo é mapear todos os ativos tecnológicos capazes de expor o negócio a ameaças virtuais dos mais variados tipos.

A principal entrega de uma  análise de vulnerabilidade é um relatório concentrando todas vulnerabilidades encontradas, juntamente com sua classificação de risco.

Vale ressaltar que não é o propósito da análise de vulnerabilidade corrigir estas falhas, sendo este escopo atribuído ao serviço de Pentest (Penetration test).

Objetivos de uma análise de vulnerabilidade

A seguir, alguns dos principais objetivos da análise de vulnerabilidade.

  • Identificar e classificar falhas de softwares que possam comprometer seu desempenho, funcionalidade e segurança;
  • Subsidiar decisões associadas a substituição de hardwares e softwares da infraestrutura tecnológica da empresa;
  • Subsidiar otimização nas configurações de softwares deixando-os menos suscetíveis a ataques;
  • Subsidiar melhorias constantes nos controles de segurança;
  • Documentar os níveis de segurança atingidos para fins de auditoria e compliance com leis, regulamentações e políticas.

Importância da análise de vulnerabilidade

Com a prática periódica de análise de vulnerabilidade, a empresa pode:

  • Reduzir prejuízos gerado por incidentes de segurança;
  • Aumentar a disponibilidade do negócio;
  • Priorizar investimentos em infraestrutura;
  • Possibilitar o alinhamento as normas de compliance;

Relatório de vulnerabilidades

O principal entregável da Análise de Vulnerabilidade é um relatório com informações essenciais sobre todas as ameaças encontradas e respectivas classificações de risco.

Este relatório deve ser a principal referência para priorização de investimentos em infraestrutura e tecnologia. Além disso, o relatório é essencial para as etapas de correção das vulnerabilidades, que devem ser executadas logo após a finalização deste processo.

O relatório apresenta informações suficientes para que profissionais identifiquem o nível de exposição da empresa à ameaças virtuais em tomem atitudes muito mais assertivas visando a proteção do ambiente.

Precisando de auxílio para execução da Análise de Vulnerabilidade em sua empresa? Conheça o serviço oferecido pela Dédalo Inteligência em Segurança da Informação e conte com a experiência de especialistas certificados para realização desta atividade.

This post is also available in: Português Español