Aprendizado e descoberta 4min de Leitura

Dicas para garantir a segurança da rede wireless corporativa

Mão segurando sinal de rede wireless vetorizado

This post is also available in: Português Español

Profissionais que atuam no segmento de tecnologia, reconhecem a importância de manter suas estruturas de redes seguras. Isso ocorre, pois os ataques estão cada vez mais sofisticados e os impactos causados por estes incidentes podem causar danos altamente representativos para os negócios.

Em se tratando de segurança em redes de comunicação, as redes wireless representam um ponto de atenção. É de grande importância que profissionais desprendam esforços para a proteção destas estruturas, tendo em vista que muitas vezes podem representar um ponto de vulnerabilidade, facilitando a ação de usuários mal intencionados

Continue a leitura e veja o porquê é importante ter uma rede wireless segura, as vantagens de investir na segurança e algumas dicas que separamos para aumentar a segurança das redes wireless corporativa.

Por que é importante ter uma rede wireless segura?

Manter a segurança da rede wireless em uma empresa é um desafio para as equipes tecnologia, pois os dados trafegam por uma estrutura, que se desprotegida, pode ser interceptada mais facilmente.

Portanto, qualquer falha que venha a ocorrer na rede wireless pode prejudicar todo a infraestrutura de comunicação, inclusive a rede que utiliza meios físicos para transmissão de dados. Uma falha na rede pode facilitar a proliferação de malwares.

Alguns dos malefícios que a falta de segurança na rede wireless pode trazer:

  • Infecção e proliferação de malwares;
  • Roubo e vazamento de dados;
  • Cruzamento indevido de dados;
  • Crimes de espionagem empresarial;
  • Sequestro de dados;
  • Ciberataques;
  • Menor produtividade dos colaboradores;
  • Como manter a rede segura?

    É possível tornar a rede wireless da empresa mais segura de maneira simples, basta utilizar as ferramentas adequadas de segurança e conscientizar as pessoas sobre o uso deste recurso.

    Separamos abaixo algumas práticas a serem adotadas para melhorar a segurança em redes wireless.

    Gerenciar dispositivos conectados

    Como as empresas estão adotando políticas BYOD, onde diversos tipos de dispositivos são aceitos na rede, inclusive o que os funcionários trazem de suas casas, é necessário que se faça o gerenciamento desses dispositivos para manter a segurança da rede e dos dados corporativos.

    E para respeitar as orientações do Marco Civil da Internet, é necessário utilizar uma solução de wireless que permita rastrear os dispositivos enquanto eles estão conectados na rede da empresa. Esse monitoramento, além de aumentar a segurança, aumenta o controle do acessos, auxiliando em manter o foco dos colaboradores em atividades laborais.

    Segmentar acesso à rede

    É importante analisar quem faz uso da rede para garantir maior segurança. Assim como é feito em redes físicas, as redes wireless precisam ser segmentadas de acordo com as necessidades da empresa. Esta atitude evita que usuários tenham acesso a informações restritas.

    Isso é válido para qualquer tipo de empresa, pois implementando esta estratégia, mesmo que usuários maliciosos acessem a internet corporativa, não terão privilégios para outras estruturas e dados da rede corporativa.

    Aplicar políticas de segurança

    Para aumentar a proteção da sua rede, é necessário desenvolver e aplicar uma forte política de segurança que contenha práticas e rotinas que auxiliem a promover segurança para a rede sem fio.

    Esta é a hora de construir um manual de boas práticas de uso, para que os colaboradores e demais usuários conheçam as restrições existentes, visando a segurança dos dados da empresa.

    Não utilizar protocolo WEP

    O protocolo WEP (Wired Equivalent Privacy) possui criptografia que pode ser quebrada facilmente, até mesmo pelos mais inexperientes crackers. Portanto, não deve ser usado.

    Para as organizações que utilizam esse protocolo, é recomendável que façam a troca para o protocolo WPA2 (Wi-Fi Protected Access) com autenticação 802.1X – 802.11i.

    Não utilizar o modo WPA/WPA2-PSK

    O modo de chave pré-partilhada (PSK ou Pre-Shared Key) do WPA ou do WPA2 não é seguro para ambientes empresariais, pois quando se usa este modo, a mesma chave tem de ser inserida em cada dispositivo.

    O modelo obriga que a chave seja alterada toda vez que um funcionário sai ou quando um dispositivo é roubado ou perdido.

    Alterar a senha do roteador periodicamente

    É altamente recomendado trocar as senhas do roteador periodicamente para evitar o risco de que as mesmas sejam descobertas.

    Além disso, as senhas devem ser uma combinação de caracteres fortes e não devem ser usadas em outros locais, como redes sociais e e-mails.

    Ativar o firewall

    O firewall evita que mecanismos prejudiciais consigam adentrar nos dispositivos. Essa proteção contra ameaças externas funciona como um complemento ao antivírus, uma vez que nem sempre eles são suficientes para destruir os arquivos maliciosos.

    Utilizar um sistema de prevenção de intrusões – WIPS

    Quando se trata de redes sem fio, o mais importante é combater diretamente quem pretende ganhar acesso a ela sem autorização. Cibercriminosos podem configurar pontos de acesso não autorizados ou executar ataques de negação de serviço (DDoS), por exemplo.

    Para ajudar a detectá-los e combate-los, é possível implantar um sistema de prevenção de intrusão para redes sem fio (WIPS ou Wireless Intrusion Prevention System).

    A abordagem para sistemas WIPS variam entre os fornecedores, porém todos fazem a monitorização das ondas de rádio, procurando e alertando para pontos de acesso não autorizados ou atividades nocivas.

    Manter os componentes da rede em segurança física

    Proteger fisicamente os componentes da rede é muito importante. Deve-se manter os pontos de acesso fora do alcance de pessoas não autorizadas.

    A segurança física deve ser garantida, para evitar que pessoas interfiram na configuração e/ou disponibilidade dos equipamentos, criando pontos de vulnerabilidade.

    Em um momento que vemos o cibercrime crescer cada vez mais, é indispensável tomar medidas de segurança, pois é preciso manter informações da empresa e clientes a salvo.

    Você sabe se a sua rede está segura? Quer aumentar a proteção da sua rede wireless? Converse com nossos especialistas e saiba como podemos lhe ajudar

    This post is also available in: Português Español