Aprendizado e descoberta 2min de Leitura

O que você precisa saber antes de ofertar Wi-Fi para seus clientes

Mãos segurando celular que exibe logo o sinal de Wi-Fi em sua tela.

This post is also available in: Português Español

Você se preocupa com sua segurança quando se conecta a uma rede Wi-Fi? Sabia que essa preocupação é necessária? Pois, caso você se conecte a uma rede sem fio insegura, pode facilitar o roubo de arquivos pessoais, senhas de redes sociais e até mesmo do banco.

Placa sinalizando que tem Wi-Fi no estabelecimento ao lado de uma xícara sobre uma mesa.

Com a popularização dos dispositivos móveis e o crescimento da tecnologia, a Internet wireless se tornou essencial no dia a dia de pessoas e empresas, pela praticidade de configuração e a possibilidade de a conectividade e mobilidade.

Porém, a rede wireless, convencionalmente, é um dos pontos mais frágeis de uma arquitetura de rede, principalmente em se tratando de ambientes públicos como shoppings, cafés, aeroportos etc, onde o acesso é ofertado livremente para pessoas que frequentam estes ambientes.

A fragilidade inerente a tecnologia e a facilidade de acesso é um prato cheio para a ação de usuários mal intencionados. Por isso, é muito importante que estabelecimentos que ofertam este tipo de acesso implementem ações que tragam segurança para os usuários.

Continue a leitura para entender o que você precisa saber antes de ofertar acesso a rede Wi-Fi para clientes em estabelecimentos comercias.

Por que a segurança em redes Wi-Fi é importante?

A segurança da rede Wi-Fi é importante, pois no Brasil existem leis para regular a oferta deste tipo de “serviço”, fazendo com que sejam respeitadas premissas básicas que trazem mais segurança para os usuários.

Antes de disponibilizar acesso à internet em estabelecimentos o ofertante deve atentar-se para os princípios que regem o Marco Civil da Internet e atentar-se para a Lei Geral de Proteção de Dados, que visa garantir proteção e privacidade para os dados dos usuários.

Marco Civil da Internet

Princípio da privacidade na web

O princípio da Privacidade garante o sigilo e inviolabilidade das comunicações feitas pelos usuários, utilizando a rede ofertada pelo estabelecimento. Por isso é muito importante que o rede possua mecanismos sólidos de segurança que proporcionem privacidade para os usuários.

A Lei prevê a quebra do sigilo, mediante ordem judicial, somente nos casos em que as informações possam contribuir para a identificação de usuários/terminais, envolvidos em ações ilícitas.

Registro dos acessos

O Marco Civil da Internet também trata das diretrizes relacionadas a guarda dos registros de conexão dos usuários. Neste sentido fica estabelecido que a obrigação de guarda dos dados de conexão é atribuída ao provedor do serviço, e este deve armazenar tais registros por no mínimo 1 (um) ano.

Vale ressaltar que autoridades policiais, administrativas ou Ministério Público, poderão requerer, que os registros sejam guardados por prazo superior, ao estabelecido na Lei. O sigilo sobre estes registros deve ser mantido, tal como estabelecido no princípio da Privacidade.

Mediante este cenário é de grande importância que estabelecimentos, independentemente do seu porte ou segmento, implementem tecnologias para garantir a segurança das redes disponibilizadas em ambientes comerciais.

Existem empresas e produtos especializados que podem auxiliar no desenvolvimento desta tarefa, facilitando e trazendo agilidade para os projetos de implantação.

Ficou com alguma dúvida? Converse com nossos especialistas e saiba um pouco mais sobre segurança nas redes Wi-Fi.

This post is also available in: Português Español