Como aprovar orçamento para aquisição de soluções de segurança

Post disponível em / disponible en / available in: Português Español English

Tempo de leitura: 4 minutos

Existem diversas possibilidades de vender projetos de segurança internamente, mas sem conhecer os problemas quaisquer sugestões mais direcionadas podem ser arriscadas ou não aplicadas a realidade do seu negócio. Por isso, como dica, basicamente sua argumentação pode ser desenhada com base em dois pontos, produtividade e perda ou vazamento de informações.

É muito importante que, independente da base de argumentação, você consiga tangibilizar, usando números para mostrar o quanto a falta de produtividade afeta o negócio, bem como os prejuízos financeiros, e de imagem, que um vazamento de informações poderia causar a empresa.

Uma vez que consiga transformar em números estas perdas, tendo o valor do projeto, fica mais fácil calcular o tempo de retorno sobre o investimento e levar essa informação para os setores ou pessoas competentes, com um argumento forte e quase infalível.

ROI baseado em produtividade

O primeiro passo é verificar quanto, em média, um funcionário perde com o mau uso da internet diariamente. Caso não tenha recurso para aferir esse tempo, faça uma estimativa baseando-se em três cenários: pessimista, provável e otimista.

Para cada um dos cenários lance um número de horas estimadas que cada colaborador (média) passa em atividades não relacionadas ao trabalho diariamente. Não seja conservador, caso não tenha ferramenta para isso, poderá realmente se assustar com o resultado.

Outro item muito importante a ser contabilizado é o tempo de retomada das atividades, após dispersão gerada pela internet. Isso por que, existem estudos que comprovam que o cérebro leva mais de 10 minutos para voltar ao ponto de uma atividade concentrada, quando interrompido. Neste sentido pequenas dispersões ao longo do dia podem gerar longos períodos de improdutividade.

Considere então que em um cenário pessimista a média de colaboradores perde com atividades não relacionadas ao trabalho, 4 horas diárias. Para o cenário provável 2 horas, e para o otimista 1 hora. Vamos considerar aqui uma empresa que possui 200 funcionários que utilizam regularmente o computador para suas atividades diárias, com uma média de valor/hora de R$ 15,00 em folha.

Para o cenário pessimista, há uma perda de R$ 240.000,00 mensais, enquanto que para o cenário provável R$ 120.000,00 e para o otimista R$ 60.000,00. Vamos a base de cálculo, considerando 20 dias trabalhados por mês.

Valor = (número de colaboradores) * (horas improdutivas) * (dias úteis trabalhados no mês) * (valor médio da hora)

É claro que existem diversas outras variáveis que devem ser colocadas no papel para montar uma linha de argumentação e viabilidade orçamentária consistente, mas o exemplo é somente uma inspiração de como você pode começar a trabalhar em números para aprovar seu projeto.

Neste caso, considerando um investimento de R$ 200.000,00 em soluções de segurança, onde para cada um dos cenários conseguiu-se reduzir 50% do tempo de desperdício, têm-se o tempo de ROI em 1.6 mês (pessimista), 3.3 meses (provável) e 6.66 meses (otimista). Isso quer dizer que quanto maior o prejuízo com a improdutividade, mais rápido há o retorno do investimento.

Estamos considerando neste cenário um investimento único de R$ 200 mil para o projeto, no entanto para o segundo ano pode haver renovação de subscrições de suporte e atualizações, que são muito inferiores ao valor do projeto, então a viabilidade continua muito interessante tendo em vista o rápido retorno.

Existem algumas variáveis a serem consideradas como o tempo de pagamento e conclusão do projeto, eventuais resistências internas a aplicação de políticas e outras objeções, que podem representar uma pequena variação nos tempos de retorno. Mas independente das variações, o retorno é realmente algo muito representativo nestes projetos.

ROI baseado em disponibilidade

Um outro aspecto extremamente interessante para apoiar a aprovação de projetos de segurança é o aprimoramento da disponibilidade do recurso para a organização. Como muitos negócios atualmente dependem da internet, seja para suas atividades meio ou fim, a indisponibilidade da internet pode acarretar em sérios problemas e prejuízos diretos para a empresa.

Leia nosso artigo sobre o custo da indisponibilidade da internet e acrescente a sua defesa os impactos gerados pela falta do recurso no dia a dia da organização.

E você? Como busca justificar e calcular o retorno do investimento para projetos de segurança? Conte suas experiências e nos ajude a enriquecer esse post.

Cassio Brodbeck
conteudo@ostec.com.br
No Comments

Post A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.