Segurança de e-mails e os impactos em ambientes corporativos

Post disponível em / disponible en / available in: Português Español English

Tempo de leitura: 5 minutos

Os e-mails se tornaram uma das principais formas de comunicação em meio corporativo, facilitando contato com funcionários, clientes, gestores e fornecedores. Porém, a falta de controle sobre os serviços de e-mails pode gerar diversos problemas para a organização, tais como, ocorrência de spams, disseminação de vírus, perda de informações sensíveis ao negócio, entre outros.

A seguir, conheça mais sobre estes e outros problemas que podem ser amenizados através da aplicação de recursos associados a segurança de e-mails.

Ocorrência de vírus e derivados

Um dos mais graves problemas que impactam a segurança de e-mails em meio corporativo é a disseminação de vírus. Boa parte dos e-mails, enviados por remetentes desconhecidos, contem anexos ou conteúdos maliciosos, que ao serem executados podem contaminar os equipamentos e trazer danos incalculáveis a empresa.

Muito embora vírus em arquivos anexados estejam cada vez mais raros, pela evolução dos formatos ao longo do tempo, podem ainda causar problemas em situações onde o usuário possui pouca instrução e o ambiente não conta com controles adequados. Isso quer dizer que os famosos executáveis ou scripts com instruções de execução ainda representam risco a uma boa parte das empresas.

Recebimento de spams

Outro grande problema que ocorre com a falta de controle sobre os e-mails corporativos é a incidência de spam, que pode ser traduzido como toda e qualquer mensagem enviada sem autorização ou consentimento do destinatário. Estas mensagens geralmente têm finalidades comerciais, porem em muitos casos contém informações maliciosas.

Os spams afetam o serviço de e-mails das empresas de diversas maneiras. A mais conhecida é a poluição da caixa de entrada, que pode ser associada a produtividade, uma vez que os colaboradores passam tempo removendo os e-mails não solicitados. Esta atividade, ainda, pode ocasionar um outro problema, que é a remoção indevida de e-mails legítimos que estão entre tantos spams.

Manter um serviço de e-mails corporativo longe de spams está diretamente relacionado a produtividade, confiabilidade da plataforma como meio de comunicação dentro e fora da empresa, o que acaba gerando economias consideráveis com uso de telefone e outras plataformas mais onerosas. Portanto, ter um bom anti-spam é uma forma de minimizar impactos negativos sobre os negócios.

Mensagens de phishing

O phishing é uma prática maliciosa que tem como objetivo obter dados, em sua maioria sigilosos, de pessoas e empresas. Estes dados podem ser senhas de e-mails, informações bancárias, senhas para acesso em sistemas, etc.

A plataforma primariamente utilizada continua sendo os e-mails. Ao invés de anexar código malicioso ou e-mails bobos que podem ser facilmente descartados, o phishing, em muitos casos, possui mensagens bem formatadas, onde até mesmo especialistas, tem dificuldade para identificação da autenticidade das mensagens.

O ataque mais aplicado, e que gera cada vez mais prejuízos, é o phishing bancário, que tem por finalidade induzir o usuário a repassar informações sobre seus acessos bancários, possibilitando a efetivação da fraude.

O phishing representa grande ameaça para empresas e tem impacto financeiro imediato, portanto, é extremamente importante que além de ferramenta adequada, para evitar o recebimento desse tipo de e-mail, os colaboradores recebam treinamento e orientação para rejeição dos mesmos.

Anexos com tamanho excessivo

Embora o serviço de e-mails não tenha sido concebido para troca de arquivos, é impossível pensar no mesmo sem esta facilidade. No entanto, a falta de controle sobre o tamanho dos anexos pode interferir no funcionamento dos serviços de e-mail e consumo excessivo do recurso de internet da empresa. A consequência é uma lentidão temporária que naturalmente irá impactar outros serviços que dependem da internet.

A utilização do serviço de e-mails, bem como política de acessos e controle de anexos deve fazer parte da política de segurança de qualquer empresa, evitando desperdício de recursos e perda de informações sensíveis ao negócio.

Perda ou vazamento de informações

Da mesma maneira em que os e-mails são práticos para comunicação e troca de informações, podem ser uma grande porta de saída de informações sensíveis ao negócio. A maioria das empresas não possui diretrizes para a segurança de e-mails, estabelecendo controle sobre envio e recebimento, tampouco análise de conteúdo dos e-mails, seja o corpo, ou o próprio conteúdo dos anexos.

O controle sobre o uso da internet, sites permitidos e liberados, além de outros serviços que dependem da internet é mais facilmente controlável, e amplamente utilizado. No entanto, a mesma importância não é dada para os e-mails, que oferecem grande ameaça para exposição não autorizada de informações. Portanto, ao estabelecer a política de segurança da informação de sua empresa, não esqueça de destinar esforços para garantir a segurança dos serviços de e-mails, recurso vital para a grande maioria dos negócios.

E na sua empresa? O serviço de e-mail corporativo é bem controlado? Já sabe como proteger melhor a informação e os dados do seu negócio? Dê continuidade a sua leitura através do blog post “Anti-spam: 8 benefícios para o uso corporativo“.

Continue sua leitura

Willian Pandini
willian.pandini@ostec.com.br
No Comments

Post A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.