Geral 7min de Leitura

9 personalidades negras que estão conquistando espaço e fazendo história em grandes empresas

Close em perfil de rosto de homem cobrindo metade do rosto de uma mulher.

This post is also available in: Português

O Dia da Consciência Negra é comemorado em 20 de novembro em todo o território nacional.

Essa data, oficializada pela então presidente Dilma Rousseff através da Lei nº 12.519 em 10 de novembro de 2011, faz referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo de Palmares, que lutou para preservar o modo de vida dos africanos escravizados que conseguiam fugir da escravidão.

Para homenagear essa data, separamos 9 personalidades negras que estão conquistando espaço e fazendo história em grandes empresas.

Moisés Nascimento

Foto de um homem de terno sorrindo.
Imagem: LinkedIn/Moisés Nascimento.

Moisés Nascimento, atualmente é chief data officer (CDO) do Itaú Unibanco. Desde abril de 2019, ele atua como líder responsável pela governança e gestão de dados do banco.

O papel de um CDO ainda está em construção, mas algumas companhias já possuem a clareza da função e do papel deste profissional em seu processo de transformação digital.

Moises trabalha com tecnologia há 28 anos, arquitetando e desenvolvendo aplicações transacionais e analíticas no Brasil e ao redor do mundo, em empresas de diversos setores.

Por 15 anos, ele esteve no Vale do Silício, na Califórnia, EUA, atuando como arquiteto, engenheiro e executivo de tecnologia, tendo se especializado em plataformas digitais centradas em clientes e dados.

Ele retornou ao Brasil em 2018, para contribuir com a transformação digital do Itaú Unibanco, tendo a oportunidade de influenciar o ecossistema brasileiro em educação tecnológica e na indústria de inovação.

Antes de entrar para o Itaú, Moisés atuou na Meditada Solutions como chief data architect, na Paypal, também como chief data architect, na SignalDemand como diretor de TI e operações, na Salesforce.com, como sênior database architect e técnico de operações, entre outras empresas.

Sergio All

Homem de terno sentado em uma cadeira azul vazada.
Imagem: Uol.

Sergio é fundador da Conta Black, uma conta digital voltada para pessoas que não têm acesso a serviços financeiros em instituições tradicionais.

A ideia de criar a Conta Black surgiu após Sergio ter crédito negado. O empresário acredita que a questão racial foi determinante.

Ele sempre quis empreender no ramo da tecnologia. No final da década de 90, quando os videogames eram febre e a internet já era uma realidade, Sergio criou um projeto para levar conteúdo de games a quem se interessasse.
Junto com amigos, ele formou uma equipe com designers, programador e comercial, onde criaram um browser (navegador) que servia como buscador de dicas, o SOS Games.

Em apenas três anos, a empresa contava com um banco de dados com 50 mil dicas sobre os principais jogos da época e cerca de 10mil consumidores que pagavam para se cadastrar. Isso chamou atenção da Apple, que na época era pouco conhecida no Brasil.

A Apple os convocou para uma reunião, de onde eles saíram com a missão de participar do processo de popularização do Mac no Brasil. Sergio e seus amigos eram responsáveis pelo desenvolvimento de ações para a promoção dos jogos em todas as revendas Apple.

Alguns anos depois, Sergio vendeu sua parte para os sócios e partiu atrás de mais desafios. Ele se formou em publicidade e abriu uma agência de comunicação focada em internet. Em pouco tempo, sua empresa contava com 30 funcionários e estava comercializando aproximadamente dez sites por mês – ferramenta de comunicação muito cara na época. Ele já investia em outras áreas na época, como a produção de grandes shows, como U2 e Black Eyes Peas. Até que ele sentiu a necessidade de investir na renovação dos equipamentos para expandir o negócio e se deparou com uma realidade de boa parte dos brasileiros: a dificuldade em lidar com instituições financeiras.

Sergio ainda fundou e é conselheiro da AfroBusiness Brasil, é diretor da Rise Invest e foi fundador e CEO da iBeats comnicação.

Bibiana Leite

Mulher de cabelos enrolados e terno azul posando de perfil para foto
Imagem: Twitter/Bibiana Leite.

Bibiana atualmente é diretora de desenvolvimento de parcerias de conteúdo do YouTube e líder do programa #YouTubeBlack no Brasil, onde atua há pouco mais de dez anos.

Formada em administração, ela iniciou sua carreira no Google, logo que a empresa se instalou no país, sendo a primeira mulher negra a ser contratada no Google Brasil.

Após subir alguns degraus no Google e atuar como gerente de relacionamento de pequenas e médias empresas, Bibiana soube de uma vaga na sede do YouTube na Califórnia, e viu isso como uma oportunidade de iniciar sua carreira profissional.

Ademir de Alvarenga Oliveira

Homem com a cabeça encostada na mão sorrindo
Imagem: Google.

Ademir é líder técnico e gerente de engenharia do Google – escritório de Belo Horizonte.

Formado em ciência da computação pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e mestre na mesma matéria pela UFMG, Ademir chegou no Google em 2005, quando o Centro de Engenharia para a América Latina da empresa foi fundado em BH.

Ademir já atuou como desenvolvedor em produtos como AdWords, Google Maps, Google My Business (Android), bem como em projetos de infraestrutura em IOS. Ele também foi um dos nomes à frente dos times de técnicos do Orkut e do Google Family Link.

Atualmente, ele é um dos líderes de uma equipe responsável pela infraestrutura de segurança e combate a spams, phishing e malwares no Brasil, um dos mercados mais importantes para a companhia.

O engenheiro de software também é um dos líderes dos AfroGooglers, a rede de funcionários negros da gigante de tecnologia, e membro do conselho de diversidade no escritório brasileiro.

Marcelo Leal

Homem de camisa vermelha sorrindo
Imagem: LinkedIn/Marcelo Leal.

Marcelo, que é graduado em ciências da computação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos, é diretor de marketing de produto na Microsoft, onde atua desde 2015.

Leal é líder de inovação de aplicativos em nuvem – área que é considerada prioridade para a companhia – na unidade brasileira da gigante de tecnologia em São Paulo. Paralelamente, ele lidera o pilar de Blacks at Microsoft (BAM), criado para apoiar e contribuir no avanço das estratégias de diversidade global da companhia.

A iniciativa tem como objetivo construir uma forte e sólida comunidade de negros e afrodescendentes, com políticas de atração, recrutamento, retenção e desenvolvimento desses profissionais para aumentar sua representatividade dentro da organização.

Antes de ingressar na Microsoft, Leal atuou na Amazon Web Services como arquiteto de soluções corporativas.

Flávia Roberta Silva

Mulher de óculos e cabelos enrolados sorrindo para câmera
Imagem: Twitter/Flavia Silva.

Flávia é assessora executiva da gerente geral da IBM América Latina, tendo quase 25 anos de empresa, passando por áreas como suporte técnico, finanças e gerenciamento de projetos de serviços.

Em seu atual cargo, ela atua no engajamento de equipes e fomento de projetos estratégicos da empresa que promovam a inovação com foco na reinvenção digital das organizações.

Flávia é formada em análise de sistemas pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo (FATEC) com MBA pela Fundação Getúlio Vargas.

Os destaques da carreira de Flávia incluem a coordenação de projetos de inovação no Laboratório de pesquisa da IBM no Brasil. Ela também foi catalisadora das iniciativas de inovação para o ecossistema de TI, que engloba empresas, universidades, comunidades e hubs de inovação.

Ela realizou um feito inédito na IBM, fazendo com que 500 pessoas passassem um final de semana dentro da sede de São Paulo participando de uma maratona de 30h de programação. Junto com seu time, criou o programa de Meetups da IBM, os Blue Talks, que hoje conta com cerca de 10 mil membros.

Maria Angela Jesus

Mulher de cabelos curtos enrolados.
Imagem: Vogue.

Maria é diretora de produções originais da Netflix no Brasil. A executiva é responsável pela área de conteúdo nacional da gigante do streaming e, ao longo de sua carreira, passou por outras importantes empresas para o cenário pop internacional – como a HBO.

Fabio Rocha

Homem de camiseta preta sorrindo.
Imagem: Forbes.

Fabio, é gerente de desenvolvimento de software desde 2016 na TOTVS, estando na multinacional brasileira há 15 anos.

Ele é responsável pelo programa de engajamento da comunidade TOTVS Developers, gestor de framework web da companhia e está a frente do PO UI, o primeiro grande projeto open source da empresa.

Igor Valentim dos Santos

Homem de óculos sorrindo
Imagem: Linkedin Igor.

Igor é gerente sênior e líder de engenharia, governança e qualidade de dados no Bradesco.

Ele se formou em engenharia de produção na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, e em seu primeiro ano de estágio na Losango, braço financeiro do HSBC Brasil, trabalhou como motor de decisão. Logo foi efetivado e passou a liderar a modernização do motor de decisão da empresa em parceria com o time dos EUA.

O destaque global que a implementação ganhou, trouxe a Igor a oportunidade de apresentar as melhoes práticas do projeto em fóruns em Londres e Chicago.

Em 2009, ele se mudou para Cidade do México, implementando os diversos sistemas de risco para os países da América Latina, atuando no entendimento dos diversos cenários dos países e desenhando adaptações necessárias.
Ele retornou ao Brasil no fim de 2010, para trabalhar em data analytics. Igor se desenvolveu neste espaço de análise avançada de dados, área em que atua no Bradesco desde 2017.

Ele ajudou a montar o departamento de festão de dados, sua missão era apoiar a criação de uma cultura orientada a dados. Atualmente, ele está trabalhando na implementação dos processos de monitoração em tempo real do Pix.

Esses são apenas alguns dos grandes nomes que estão ganhando espaço e fazendo história em grandes empresas. Pessoas talentosíssimas, com inteligência e visão para crescer e levar consigo empresas em que atuam.

This post is also available in: Português