Internet lenta: saiba como minimizar este problema nas empresas

Post disponível em / disponible en / available in: Português

Tempo de leitura: 7 minutos

A internet é um dos ativos mais importantes para as empresas nos tempos atuais. A elevação da qualidade do recurso, assim como a redução dos preços aplicados, colaborou para que as empresas evoluíssem seus ambientes e informatizassem boa parte dos seus processos.

Juntamente com a ascensão da internet surgiram aplicações cada vez mais robustas e surgimento do conceito de nuvem, que vem sendo amplamente utilizado por empresas dos mais variados portes e segmentos.

Frente a este cenário, a internet passa a ser um dos grandes recursos a serem gerenciados, visualizando a manutenção da operação da empresa. A experiência dos usuários quanto ao uso da internet e os reflexos sobre a operação da empresa, são preocupações frequentes no dia a dia de analistas de tecnologia e gestores das organizações. Esta preocupação é fundamentada na dificuldade que normalmente existe durante o processo de identificação de problemas de lentidão do recurso ou indisponibilidade do mesmo.

Neste blog post serão repassadas algumas dicas para facilitar a identificação de problemas associados ao recurso de internet, passando pela identificação do problema até a aplicação de recursos tecnológicos para a minimização do mesmo.

Identificando o problema

A primeira atitude a ser tomada para a resolução do problema de lentidão na internet deve ser a identificação do problema. Algumas vezes os profissionais de TI que se deparam com esta situação apenas tomam atitudes paliativas, tais como aquisição de links dedicados de internet, ampliação do número de circuitos contratados ou aumento da largura de banda dos mesmos.

No entanto, sem identificar a causa raiz do problema, o investimento na ampliação do recurso pode resolver o problema momentaneamente, ou até mesmo não gerar melhoria alguma na experiência de uso da internet na empresa.

Portanto, torna-se imprescindível que profissionais de TI façam uma varredura em toda a infraestrutura de rede para identificar falhas físicas (cabeamento, hardware, link etc), problemas lógicos (configurações de software), ou problemas de conduta, ou seja, uso indevido da internet por colaboradores da empresa.

Existem alguns recursos tecnológicos que facilitam a identificação deste problema. O uso de uma solução de firewall UTM, é uma excelente opção para suprir tal necessidade. Com o uso de um UTM é possível identificar rapidamente o status dos links de internet, ou avaliar o consumo de cada usuário, assim fica mais fácil identificar se a lentidão é motivada por acessos de colaboradores ou por problemas associados ao link de internet.

Soluções que podem ser adotadas

Caso a motivação para a lentidão da internet esteja associada a problemas de conduta ou então falta de qualidade do link é possível a implantação de medidas para melhorar a experiência dos usuários com o uso da internet, sem necessariamente, investir na ampliação do recurso ou no ou contração de link auxiliar.

QoS (Quality of services)

 

QoS funciona como um moderador de tráfego, que organiza o fluxo de dados e atribui prioridade aos acessos que são mais importantes. Quando não há nenhum serviço de Quality of Service (QoS) todas as origens de tráfego competem entre si, dessa forma, por exemplo, o tráfego gerado pelo colaborador que deseja acessar o ERP da empresa hospedado em nuvem, essencial para o desempenho de suas funções, compete com o tráfego proveniente de outro colaborador que está assistindo vídeos em streaming.

Por conta disso, operações importantes e essenciais podem ser prejudicadas pela não priorização dos tráfegos gerados pelos colaboradores.

Ao utilizar um QoS os profissionais podem alterar a forma como os pacotes de rede são encaminhados para a internet, permitindo que os recursos existentes sejam utilizados de forma mais eficiente. Assim, estes pacotes são marcados para distinguir os tipos de serviços e os roteadores são configurados para criar filas virtuais distintas para cada aplicação, de acordo com sua prioridade.

Desta forma, uma faixa da banda poderá ser reservada para que determinados tipos de sites ou aplicações tenham acesso prioritário. Existem também outros protocolos e algoritmos que podem ser utilizados para aprimorar o gerenciamento do recurso de internet, potencializando a experiência obtida com a aplicação do QoS.

Além do custo de implantação ser baixo, um serviço de QoS gera também outros benefícios que garantem mais eficiência e economia:

  • Melhoria na experiência do usuário;
  • Tempo de resposta mais ágil, de acordo com a prioridade do acesso;
  • Facilidade no gerenciamento dos recursos de internet pelos analistas e administradores;
  • Garantia de que aplicações essenciais tenham sempre os recursos necessários para seu funcionamento;
  • Diminui o impacto causado pelo tráfego gerado por aplicações não relacionadas ao trabalho;
  • Garante maior produtividade dos colaboradores.

Proxy Web

 

O proxy web (também conhecido como filtro de conteúdo web filter). O proxy web é um serviço que atua como intermediário entre um dispositivo e os serviços de internet. No momento em que o endereço de um site é digitado no navegador, a solicitação é enviada ao proxy, que então realiza esta solicitação ao servidor no qual o site é hospedado e devolve o resultado para o usuário.

Desta forma, é possível ter controle absoluto sobre o tráfego da internet e realizar bloqueios (ou liberações) de acordo com as políticas estabelecidas pela empresa.

O proxy web permite controlar os serviços acessados na internet através do HTTP e é responsável pela gestão de acesso a sites e outras aplicações baseadas neste protocolo. O proxy é amplamente utilizado por empresas dos mais variados portes e segmentos, contribuindo para a manutenção da estratégia de segurança do negócio.

O recurso permite também que a empresa gerencie os acessos de colaboradores, com base em URLs, horários, grupos de usuários e outros níveis de controle. Com a implantação do serviço, é possível ter acesso a relatórios detalhados de navegação, incluindo consumo de recurso, tempo de navegação, sites mais acessados, além de outras funções que auxiliam na manutenção da integridade do recurso de internet e da rede corporativa.

Controle de Aplicação

 

controle de aplicação é um outro recurso para controle proativo do uso da internet, baseado em assinaturas de aplicativos, facilitando a estrutura das regras de controle na empresa. Ele registra as ações executadas pelos aplicativos e gerencia as atividades desempenhadas por eles de acordo com a política de segurança estabelecida para o mesmo. Com o controle de aplicação, os aplicativos são classificados em quatro grupos:

  • Confiáveis: aplicativos com assinatura digital de fornecedores confiáveis;
  • Baixa restrição: aplicativos que não possuem uma assinatura digital de um fornecedor confiável e receberam um valor baixo de classificação de ameaça.
  • Alta restrição: aplicativos que não possuem uma assinatura digital e têm um valor alto de classificação de ameaça.
  • Não confiáveis: aplicativos sem assinatura digital e que receberam um valor muito alto de classificação de ameaça.

O controle do uso de aplicações também pode ter relação direta com episódios de lentidão na internet da empresa, por isso, o recurso também voga como alternativa para analistas de tecnologia das empresas.

Escolha a melhor solução para acabar com a internet lenta

Após executar o diagnóstico e identificar onde estão os maiores gargalos, que colaboram para deixar a internet da sua empresa lenta e após saber quais soluções podem ser implementadas, é a hora de avaliar todas as variáveis e decidir qual se encaixa melhor em suas necessidades.

Se você ainda não tem certeza sobre qual a melhor decisão a tomar, fale com nossa equipe de especialistas. Eles poderão avaliar a sua situação e auxiliar na implantação da solução que vai garantir o melhor desempenho para a internet da sua empresa e para o desenvolvimento do seu negócio.

ostec
ostec@ostec.com.br
No Comments

Post A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.